O que é o nervo facial?

O nervo facial é um nervo misto que se origina no interior do crânio e, após deixar a cavidade craniana, vai inervar toda a musculatura de metade da face.

Qual a consequência da lesão?

A lesão desse nervo provoca a paralisia da hemiface inervada pelo mesmo, acarretando em incapacidade funcional e comprometimento estético importantes.

Quando está indicado o tratamento cirúrgico dessas lesões?

As cirurgias diretas no nervo facial geralmente estão indicadas em casos de paralisia facial periférica decorrente de lesões por traumatismo direto (ex. corte na face) e em lesões decorrentes do tratamento cirúrgico de tumores (ex. neurinoma do acústico).

Quando deve ser feita a cirurgia?

Quando existe certeza da lesão completa do nervo a cirurgia é feita o mais precocemente possível, mas nos casos em que nervo é muito manipulado durante uma cirurgia, mas não seccionado, aguarda-se até 10 meses por uma possível recuperação espontânea, antes de indicar o tratamento cirúrgico direto.

Na nossa opinião os casos tardios, com mais de 18 meses de lesão, não devem ser submetidos à reconstrução direta do nervo. Esses casos são encaminhados para tratamento por cirurgião plástico especialista em face.

Qual a técnica ideal?

Existem diversas técnicas para a reconstrução microcirúrgica do nervo facial. Damos preferência às transferências parciais ou completas de nervos, que dão excelentes resultados, com baixa morbilidade.

A reabilitação é importante tanto na fase em que se está aguardando uma possível recuperação funcional, como no período pós operatório.